Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2014

10 de Discos - Riqueza

Quando olhamos para a vida percebemos que cada pessoa possui o seu próprio padrão de riqueza. Diversas são as riquezas humanas, pois é daqui que se parte na direção de outras ainda maiores. Temos, portanto, a necessidade de estabelecer em nossas vidas o que consideramos como riqueza. Por outro lado, existe todo um mundo que nos apresenta constantemente diversas outras que muitas vezes se conflitua com aquilo que desejamos. É esta busca constante que move a humanidade e que ao mesmo tempo impede a muitos de seguirem adiante. A riqueza é apenas uma das dificuldades que impedem o ser humano de ser realmente aquilo que ele é e, com toda a certeza, é a primeira barreira que precisamos ultrapassar. Aqui temos uma real questão: qual é realmente a verdadeira riqueza da existência humana?

6 de Paus - Vitória

Existe realmente alguma Vitória quando estamos apenas na metade do caminho? São muitos aqueles que, na impressão de que algo foi atingido se iludem, pelo Ego, com a esta tola sensação. Mas aqui temos dois caminhos distintos: um que desce às profundezas da Terra e outro que se eleva na direção das Trevas. O primeiro busca sempre alimentar com a realeza o Ego que nos diz constantemente que somos mais especiais que outros. O segundo, nos leva a sermos aquele rei que não mais busca governar, apesar de poder fazê-lo. Toda Vitória é uma complicada ilusão de que atingimos ou que somos algo. Pois a luz do sol diante nossos olhos nos cega e não nos faz perceber da distância que nos separa do verdadeiro domínio. Portanto, cuidado! Não acredite ainda nos seus cinco sentidos, pois eles ainda precisam passar por um profundo aprendizado, que ainda seque começou. Tu não és ainda senhor(a) de nada e aquilo que parece reluzir diante de ti não te faz um Adeptus. Dois são os teus caminhos e duas podem…

A história de um Louco

por Sérgio Bronze 0 – 1 E aquele homem que caminhava erraticamente pela terra, seguindo seus instintos de sobrevivência como qualquer outro animal na natureza, sem maiores preocupações além da de satisfazer suas necessidades básicas de cada dia, apoiado ou cativando a natureza, pode ele mesmo atingir os mais altos pináculos do universo. Primeiro, ele começou manipulando pequenos objetos que ele dispunha diante de si e com o auxílio de alguma inteligência ele percebeu que poderia criar coisas novas e úteis, e ele se regozijou em si mesmo. 2 – 3 Aquele homem reconheceu a inteligência nele e aos poucos vou desenvolvendo diversas culturas. Desenvolveu a escrita, a ciência e a tecnologia, mesmo que todas elas estivessem subordinadas a alguma religião. Ainda assim, ele continuava sem saber direito o que fazer com tudo isto que ele ia aos poucos descobrindo. Assim, depois de muito tempo ele percebeu que poderia utilizar destas quatro coisas como instrumento de poder e todo incentivo para est…

Alquimia e Tarot

É necessário dizer que, o estudo da Alquimia está intrinsecamente ligado ao estudo do Tarot sendo completamente impossível dissociar um do outro. Tendo acesso ao conhecimento oculto dos 78 Arcanos do Tarot é possível compreender todo o segredo que parece velado dentro dos textos alquímicos. Uma grande maioria das organizações alquímicas medievais e modernas possuíam no Tarot toda a sua estrutura de graus, pois a utilização do sistema cabalístico como estrutura é relativamente moderno. Seria correto dizer (sic) que o desenvolvimento da Alquimia seguiu o desenvolvimento do Tarot, absorvendo sempre quando era necessário o linguajar e a mitologia cristã. Por outro lado, a Alquimia emprestou ao Tarot uma boa parte da sua filosofia iniciática, onde podemos ver em muitos Arcanos as mais profundas referências alquímicas.  Portanto, temos nos Arcanos Maiores uma quantidade absurda de referências alquímicas, enquanto temos nos Arcanos Menores uma total dedicação ao estudo da Cabala. Assim, o a…